Como diagnosticar infecção urinária em gatos?

Certamente, o agravamento e o tipo de contaminação do trato urinário nos felinos são normais em todas as idades. Seja como for, quando não tratados com precisão, podem causar uma tonelada de tormento, influenciar órgãos importantes, levar à dissuasão do trato urinário e até à morte.

Manifestações e causas podem diferir amplamente, razão pela qual é imperativo a tal ponto que os guardiões dessas criaturas e veterinários percebem como reconhecer para colocar recursos em contrapartida e tratamento precoce.

Em vista disso, organizamos este artigo para ajudá-lo a entender as causas, sinais, analisar e o melhor tratamento para felinos. Leia este post o máximo possível e ajude a garantir uma melhor satisfação pessoal dos animais de estimação.

Causas

A principal explicação de que os felinos criam contaminações ou agravos urinários é o baixo consumo de água. No entanto, diferentes componentes contribuem para a melhoria desse quadro clínico. Os fundamentais são:

Nutrição insuficiente;

Estresse;

Uso excessivo de drogas;

Ausência de limpeza;

Anormalidade de órgãos.

Sinais regulares

Em suma, as indicações de contaminação do trato urinário em felinos são as mais variadas. Além disso, quanto mais cedo a doença for encontrada, mais simples será o tratamento. Para evitar que o problema influencie diferentes órgãos, concentre-se nos sinais abaixo:

Tente fazer xixi uma e outra vez, mesmo fora do local padrão;

Fazer xixi em quantidades modestas;

Tormento e problemas ao tentar fazer xixi;

Uivando (chorando) enquanto faz xixi;

Em cima da lambida de privates para acalmar inconveniências;

Sangue no xixi;

Realize mudanças, por exemplo, se arrumando ou agindo focado, roendo ou arranhando por causa da agonia;

Inconveniência quando contatado na barriga;

Doença;

Febre;

Deficiência;

Ausência de fome.

Conclusão da contaminação do trato urinário em felinos

A conclusão pode ser obtida através de exames físicos, assistenciais, laboratoriais ou da história clínica do paciente. Dessa maneira, é básico que o guia relate ao veterinário todos os sinais vistos em casa. Conseqüentemente, conhecendo a história e a conduta da criatura, a conclusão pode ser cada vez mais precisa

Veja quais são os principais testes que podem ser utilizados pelos profissionais para pesquisar o grau da infecção e afirmar a análise após as avaliações físicas:

Imagens analíticas

Ultrassonografia: a avaliação ultrassonográfica veterinária é amplamente utilizada com base em alguns pontos de interesse. Dessa maneira, esse instrumento pode ser utilizado para examinar a verticalidade do trato urinário, verificar a proximidade de mucoproteínas, pedras preciosas, aglomerados, flotsam e jetsam e urólitos na vesícula urinária. Além disso, ajuda na percepção da proximidade de neoplasias e esquisitices anatômicas.

Radiografia do estômago: é um instrumento analítico útil. Normalmente, é o mais prescrito para avaliar completamente a uretra.

Cistografia por diferença: usada para reconhecer pequenas pedras, pedras radiolúcidas, rachaduras na vesícula biliar ou na uretra, estenose uretral, divertículo uracal, neoplasias e procedimentos incendiários.

Cistoscópico ou Uroendoscópico do trato urinário inferior: demonstrou incentivar o reconhecimento de pequenas pedras císticas, divertículos, ureteres ectópicos e pequenos pólipos.

Testes em centros de pesquisa

Análise de urina: é mostrado que a análise de urina obtém dados, por exemplo, espessura, proximidade ou não aparência de células de fogo, micróbios e gemas, pH urinário ou nível de hematúria. Portanto, é inteiramente razoável avaliar a questão da estrutura urinária, por exemplo, doenças renais ou cistite.

Exame de sangue: permite avaliar diferentes segmentos sanguíneos, diagnosticando assim diferentes doenças, incluindo doenças e irritações.

Tratamento

O tratamento diferirá dependendo de todas as circunstâncias. De um modo geral, para questões identificadas com microorganismos, o especialista apóia agentes anti-infecção. Se houver uma ocorrência de bloqueio da uretra ou pedras, o tratamento é cuidadoso e requer hospitalização.

Alterações na rotina e propensões alimentares dos felinos também podem ser demonstradas, apesar dos remédios para relaxar e prevenir impedimentos no trato urinário, ou para diminuir a gravidade e a extensão dos sinais clínicos Clínica Veterinária
.

Além disso, é básico controlar o vigia para ensinar o felino a beber água algumas vezes por dia para limpar a criatura. Além disso, o xixi é também uma das principais abordagens para expulsar os venenos do corpo, por isso deve acontecer a maior parte do tempo. O treinador pode ajudar, mantendo as caixas de areia ou papéis perfeitos e secos.

Como você descobre doenças do trato urinário em felinos, é possível evitar e manter uma distância estratégica de futuros inconvenientes. Seja como for, merece referência que apenas um proficiente certificado pode mostrar o melhor tratamento. Lembre-se: a chave para um tratamento eficaz está na descoberta correta.

No caso de você precisar descobrir mais sobre esse assunto, é necessário conhecer nossa gestão prática. Nele, você verificará as aplicações práticas que cada veterinário deve conhecer. Encaixe a conexão abaixo e aprenda de maneira básica como utilizar o ultra-som veterinário em seus arranjos